Encontro Internacional de Canto Gregoriano de Belém

Neste final de semana, de 14 a 16 de agosto, Belém recebe a visita do Monsenhor Marcos Pavan, atual Magister Puerorum (maestro das vozes brancas) do coro da Capela Musical Pontifícia “Sistina”, do Vaticano. O regente, que é brasileiro, irá participar do Encontro Internacional de Canto Gregoriano de Belém, promovido pelo Grupo de Estudos Nossa Senhora de Nazaré e pela Escola de Música da Universidade Federal do Pará (Emufpa), com o apoio do Fórum Landi e da Pró-Reitoria de Relações Internacionais da UFPA (Prointer).

O evento busca incentivar e divulgar a prática do Canto Gregoriano ou Canto Chão, expressão musical oficial da Igreja Católica, e contará com oficina ministrada por Mons. Marcos Pavan; palestra do pesquisador André Gaby, da UFPA; e com Apresentação de Canto Gregoriano seguida de missa cantada na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos.

Canto oficial da Igreja – “O canto gregoriano é o canto próprio da liturgia da Igreja Católica, segundo o documento Sacrosanctum Concilium do Concílio Vaticano II e tem como característica o fato de ser entonado em latim, por uma só voz e sem acompanhamento instrumental. Ele recebe este nome em razão da tradição, que narra que o Papa Gregório I, Gregório Magno, teria sido o autor deste repertório, fato já questionado pelos pesquisadores da área”, explica André Gaby, coordenador do evento e pesquisador do Canto Gregoriano no Pará.

André Gaby coordena, ainda, o Projeto de Extensão Resgate e Difusão da Prática do Canto Chão no Pará/ EMUFPA. “Este é o segundo projeto que mantemos. A primeira versão tinha como objetivo montar um coro, o qual, agora, já possui dois anos de existência. Este novo projeto busca divulgar a prática musical gregoriana e sua importância histórica e cultural no Estado”.

Livro escrito no Pará no século XVIII foi lançado na Europa – O pesquisador revela que a história do Canto Gregoriano no Pará ainda é inexplorada. “Sabemos, graças às pesquisas de Vicente Salles, que um monge paraense escreveu um livro de Canto Gregoriano em 1780, em Belém, e o material foi publicado em Portugal, apesar de o monge ser Mercedário, uma ordem religiosa espanhola. Como essa relação entre Espanha e Portugal aconteceu? Qual foi a motivação do monge João da Veiga em compilar um livro de Canto Chão em uma Colônia? Essa história, ainda inédita, precisa ser explorada e tentarei abordá-la em breve na minha tese de doutorado.”

Às vésperas dos 400 anos de Belém, ainda há muito sobre a história da cidade a ser divulgado. “Poucos sabem que todos os domingos há uma missa celebrada em latim, na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, com canto gregoriano, seguindo a tradição católica, de maneira muito semelhante ao mesmo rito compilado, na Idade Média, por Gregório Magno. Incorporamos esta missa à programação do evento por sua importância. Assim, todos estão convidados a conferir, neste domingo, 16, a apresentação de Gregoriano com o coro “Ad te levavi” e missa cantada com o coro ‘Fides ex Auditu’, cuja tradução significa: ‘A fé vem pelo ouvido’”.

Serviço:
Confira aqui a programação completa do Encontro Internacional de Canto Gregoriano de Belém.
Realização de 14 a 16 de agosto, na Escola de Música da UFPA.
Inscrições e informações, acesse aqui.
>> Domingo, 16 de agosto, a partir das 10h, Apresentação de Canto Gregoriano: Schola Gregoriana “Ad te levavi”, seguida de Missa Cantada na Forma Extraordinária do Rito Romano na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, com participação do Coro “Fides ex Auditu”, programação inteira com regência do Mons. Marcos Pavan, na Tv. Padre Prudêncio, nº 314.

Texto: Glauce Monteiro – Assessoria de Comunicação da UFPA

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s